Moscas Volantes

As imagens tipo moscas volantes, cobrinhas e sombras que muitos pacientes enxergam se devem ao evento de descolamento do vítreo posterior.

O v√≠treo √© uma esp√©cie de gelatina transparente que preenche a parte posterior do olho, estando envolto e firmemente aderido √† retina. Devido ao envelhecimento e algumas outras causas, essa gelatina pode se desprender da parede interna do olho e da retina sem causar, obrigatoriamente, danos √† vis√£o. Esse fen√īmeno √© chamado de descolamento posterior do v√≠treo (‚Äúdescolamento da gelatina do olho‚ÄĚ).

O descolamento dessa gelatina e seus sinais são muito comuns e nem sempre estão relacionados ao descolamento de retina. No entanto, em alguns casos e na presença de fatores de risco, esse processo pode rasgar a retina em um ou mais pontos de maior aderência. Os sinais de alerta são: percepção de pontos negros na visão que se movimentam com a posição do olhar, embaçamento visual e por vezes flashes luminosos.

Esses pontos escuros são denominados moscas volantes e podem ter outras formas, como fio de cabelo e teia de aranha. Esses sintomas são comuns na população em geral e, principalmente, em pessoas com miopia e operadas de catarata.

Essas altera√ß√Ķes geralmente s√£o benignas e ocorrem com frequ√™ncia e podem resultar da separa√ß√£o do v√≠treo da retina sem demais complica√ß√Ķes. Por√©m, em alguns casos, ocorre a forma√ß√£o de um rasgo na retina, como anteriormente mencionado, se esta ainda estiver colada, o tratamento com aplica√ß√£o de laser na √°rea do rasgo dever√° ser feita mais precocemente poss√≠vel para se evitar maiores danos.

Caso qualquer uma destas altera√ß√Ķes surja em seus olhos, procure imediatamente um oftalmologista.